Home Política VOTO CRISTÃO ELEGE POLÍTICOS COM BONS E PÉSSIMOS RESULTADOS

VOTO CRISTÃO ELEGE POLÍTICOS COM BONS E PÉSSIMOS RESULTADOS
0

VOTO CRISTÃO ELEGE POLÍTICOS COM BONS E PÉSSIMOS RESULTADOS

0

Muitos políticos se beneficiam pela falta de memória do eleitorado. Questões como ‘você lembra em quem votou para vereador, deputado estadual ou para quem você confiou seu voto para deputado federal?’ são jogadas contra a população como se o fato de a pessoa não lembrar fosse a causa dos desmandos políticos do Brasil.
Verdade que, pior do que não lembrar, os políticos aproveitam para não cumprir nenhuma de suas promessas já que não sofrem nenhum acompanhamento ou fiscalização por parte de seus eleitores.
A igreja, nas últimas eleições tem sido um fator determinante na escolha dos representantes no Brasil, mas o que será que os representantes evangélicos têm feito com o seu mandato?
Pensando nisso, o Jornal Nação Brasil fez um levantamento dos deputados estaduais cariocas que se apresentam como cristãos e o resultado do que eles têm feito e o que não tem feito é surpreendente. Acompanhe conosco.

FÁBIO SILVA
Político de carreira, Fábio Silva é o líder de leis aprovadas no estado.
Entre os agrados aos religiosos, como declarar de utilidade pública igrejas e os templos de todos os cultos, o filho do fundador da Rádio Melodia, é responsável pela isenção do pagamento da taxa de incêndio aos aposentados, pensionistas, proprietários ou locatários de apenas um imóvel residencial no estado.  É dele também a lei que acabou com as propagandas de serviços sexuais nos impressos.

Exposição como ocorreu no RS, (quem não lembra da Queermuseu?), aqui no RJ não se cria, não! A lei 540/2015 proíbe qualquer manifestação social, cultural e/ou de gênero que ridicularize, ofenda, menospreze e/ou satirize a crença alheia. Essa lei também proíbe a utilização de qualquer objeto vinculado à religião de forma desrespeitosa. Ou seja, as vadias que odeiam homens e adoram enfiar crucifixo no ânus, serão punidas por usarem objetos sacros dos amigos católicos.
Há! Uma das leis aprovadas por Fábio representa bem o que o Brasil vive hoje. A comunidade LGBTYWZX luta por seus direitos e uma das coisas que eles conseguiram foi marcar na história o dia do orgulho gay não é mesmo? Combatendo na mesma moeda, Fábio criou o dia do orgulho hetero. Você aí que se sente ameaçado por ser homem e hetero saiba que existe registro em lei para você se orgulhar de sua orientação sexual. Vamos comemorar!! É o 3º domingo de dezembro!

SAMUEL MALAFAIA
Em seu terceiro mandato, Samuel está deputado desde 2010, o também pastor é responsável por algumas leis. Combate e prevenção à pedofilia são algumas das bandeiras que ele defende, mas também pontuou através de projetos que não mudam em nada a vida da sociedade. É de sua autoria a lei que considera a oração patrimônio imaterial do estado do RJ.

ROSENVERG REIS
Irmão do prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, Rosenverg iniciou a carreira política em 1992 ao lado do irmão e desde então atua no município. Em seu primeiro mandato, Rosenverg se esforçou para agradar inúmeras denominações.
Ele criou lei para incluir no calendário oficial do estado do RJ o dia estadual da igreja do Evangelho Quadrangular, dia da Convenção das Assembleias de Deus do RJ(Ceader), AD Missão Apostólica da Fé, dia da Igreja Apostólica Plenitude do Trono de Deus, dia da Assembléia de Deus de Madureira. Nomeou o mergulhão de Duque de Caxias com o nome do pastor Dorival Franco e criou a lei que proíbe o consumo de bebidas alcóolicas dentro de veículos públicos ou privados de transporte coletivo no RJ.

EDSON ALBERTASSI
Político de carreira, Albertassi começou como vereador e desde 1998 atua como deputado estadual; quer dizer, atuava. Porque o deputado está preso por envolvimento em corrupção. Mas ele está bem. Recebendo seus R$ 19 mil líquidos mensalmente sem atraso ou implicações.
Evangélico, Albertassi também se empenhava para agradar aos cristãos.
Ele é autor da lei que determina o ano de 2017 como comemorativos aos 500 anos da reforma protestante (com ou sem lei a matemática venceria. Os 500 anos seriam contabilizados da mesma forma), também criou o dia do Metodismo Wesleyano, criou a obrigatoriedade de que todo ônibus escolar contenha adesivo com a expressão “diga não às drogas”.

MILTON RANGEL
Assumindo o cargo para a legislatura 2015-2019 com a licença de André Correa, Milton Rangel também criou a lei contra propagandas misóginas ou estimuladoras de agressão e violência sexual no estado, criou a semana estadual da família, o dia óbvio, de sua denominação a Igreja Mundial do Poder de Deus e dos amigos da Igreja Congregacional. Muita competência!

TIA JU
A parlamentar defende projetos mais voltados para crianças e adolescentes. Conseguiu aprovação da lei que garante gratuidade na emissão de certidões em processos de adoção no estado. Beleza. Mas também agraciou sua denominação colaborando para o mais do mesmo aprovando a lei que inclui no calendário do estado a semana estadual de reconhecimento ao trabalho voluntário dos educadores da educação bíblica infanto-juvenil da Igreja Universal do reino de Deus. Educadores de outras denominações para a Tia Ju não merecem o mesmo reconhecimento, se é que constar no calendário da cidade seja algum reconhecimento…

FILIPE SOARES
Com 4 filhos na política, o missionário RR Soares está com sua igreja e seus interesses bem representados. Filipe Soares foi o mais recente da família a integrar a política e agora, recentemente, foi aprovado um projeto de Filipe que obriga atendimento gratuito no SUS a todas as pessoas arrependidas de suas tatuagens.
Isso mesmo. Qualquer pessoa que se arrependeu do rabisco que fez no corpo poderá ter a remoção realizada pelo Sistema Único de Saúde onde o paciente não paga e sim o contribuinte!!!

  • A remoção valerá para 3 casos;
    Aprovação em concurso público cujo edital impede tatuagem
    Constrangimento com a tatuagem ao se filiar a alguma religião
    Tatuagem ‘vexatória feita por motivo passional

CARLOS MACEDO
O irmão do bispo Macedo, aprovou uma lei de acessibilidade que não sai do papel. A lei obriga que grandes estabelecimentos comerciais, como shopping centers e hipermercados,  garantir que 10% dos veículos que atendem a seus consumidores – nos pontos de táxi, por exemplo – sejam adaptados ao transporte de pessoas com deficiência. Boa ideia sem nenhum planejamento e modelo de fiscalização para entrar em ação.

BENEDITO ALVES
Também da IURD, após 3 anos ganhando benefícios como político, ele aprovou a lei que obriga placares de estádios de futebol a alertarem pela conscientização de não realizar trote para os números de serviços essenciais. Você lembra a última vez que os estádios abriram mão de estampar os patrocinadores para exibir “não passe trote para os bombeiros”?
A verdade é que os candidatos no país, em todas as esferas, sempre foram segmentados pelas classes a que se identificam. Os esquerdistas legislam para facilitar o aborto, a legalização das drogas e todo o espetáculo de desmoralização do ser humano. Isso é sabido. Esperar conduta diferente aos parlamentares cristãos seria ingenuidade, até porque o Brasil precisa equilibrar a balança pelos que trabalham pela família e na defesa de nossos valores.
Mas a balança está realmente equilibrada?
Cabe a você eleitor brasileiro analisar se o candidato tomou o púlpito de sua igreja para prometer lhe representar e agora, recebendo muito dinheiro de salário e muito mais em verba de gabinete pagos pelo seu esforço, não está fazendo absolutamente nada pelos conservadores.
Entre massagear o ego e a vaidade de uma ou outra denominação, espera-se dos que se dizem verdadeiros representantes de Deus uma conduta, no mínimo, impecável e trabalho efetivo para a sociedade que defende a família e os valores.
Eles estão aí, expostos para que você analise o que fizeram e o que não estão fazendo para frear esse avanço dos que querem arrancar o pênis de nossos meninos aos 6 aninhos de idade pela bandeira da ideologia de gênero!

Comentários