Home Brasil VIGILÂNCIA SANITÁRIA DO RIO VAI ÀS RUAS PELO FIM DOS CANUDOS DE PLÁSTICO

VIGILÂNCIA SANITÁRIA DO RIO VAI ÀS RUAS PELO FIM DOS CANUDOS DE PLÁSTICO
0

VIGILÂNCIA SANITÁRIA DO RIO VAI ÀS RUAS PELO FIM DOS CANUDOS DE PLÁSTICO

0

Importante, porém não essencial. A Vigilância Sanitária do Rio de Janeiro coloca agentes nas ruas a partir desta quinta-feira (19) para fiscalizar estabelecimentos comerciais como baes, restaurantes, lanchonetes e padarias para coibir o uso de canudos plásticos.
Ontem (18), entrou em vigor uma lei municipal que só permite o uso de canudo de papel biodegradável ou reciclável.
O Rio é a primeira cidade do país a banir o uso do canudo de plástico. Márcia Rolim, da Subsecretaria em Vigilância Sanitária, diz que a partir de agora irão orientar os estabelecimentos a não usarem mais os canudos de plástico.

“Num primeiro momento, o estabelecimento tem 60 dias para deixar de fornecer o canudo de plástico. E a partir daí o estabelecimento sim pode ser multado. Mas antes disso a Vigilância Sanitária irá fazer uma grande campanha de divulgação, de conscientização, de sensibilização para o setor regulado, para o comércio, como para a população”, explicou Márcia Rolim.

A subsecretária explica ainda que se o estabelecimento não se adequar, a multa será gradual. Para estabelecimentos fixo, a multa será a partir de R$ 1.600 e para ambulantes, R$ 655.

“É importante frisar que iremos fazer uma campanha de conscientização”, disse Márcia Rolim. Quem quiser denunciar o uso de canudos plásticos deve ligar para 1746.

AUTOR DA LEI

O projeto de autoria do vereador Jairinho (MDB) estipula multa de até R$ 3 mil aos estabelecimentos que descumprirem a lei, valor que pode ser multiplicado em caso de reincidência entrou em discussão na Câmara em 2018 e foi sancionada pelo prefeito Marcelo Crivella.

Comentários