Home Sociedade Trote para serviços de emergência serão punidos com multa

Trote para serviços de emergência serão punidos com multa
0

Trote para serviços de emergência serão punidos com multa

0

Lei sancionada por Francisco Dornelles prevê punição de até R$ 2 mil para quem passar trote nos serviços de emergências

A partir de agora, quem passar trote para qualquer serviço de emergência do estado como Centro de Operações da Polícia Militar (Ciop), Serviço de Assistência Médica de Urgência (Samu) e Corpo de Bombeiros sofrerá punição com multa de até R$ 2 mil. A lei 7.478/2016, sancionada pelo governador do Rio em exercício, Francisco Dornelles (PP) é de autoria do deputado Flávio Bolsonaro (PSC) e determina que as operadoras passem os dados cadastrais das linhas usadas para trotes. Caso haja reincidência na ação, os serviços de telefonia do usuário poderão ser bloqueados. O objetivo é inibir a prática que atrapalha
os serviços de socorro e segurança.
Segundo o Governo do Estado, só a Polícia Militar (PM) recebe milhares de trotes por mês. Entre os falsos comunicados estão os casos de roubo a banco, sequestros, incêndios, atropelamento e outras ações inexistentes. De acordo com o Ciop, os trotes prejudicam o atendimento de ocorrências reais.

Comentários
-- Jornal Nação --