Home Economia TODOS SERÃO APENAS NÚMEROS: VEJA MUDANÇAS NAS CERTIDÕES DE NASCIMENTO, CASAMENTO E DE ÓBITO
0

TODOS SERÃO APENAS NÚMEROS: VEJA MUDANÇAS NAS CERTIDÕES DE NASCIMENTO, CASAMENTO E DE ÓBITO

0

Iniciando o processo de implantação do Número de Identificação Civil Único, o Conselho nacional de Justiça (CNJ) mudou os registros de certidão de nascimento, casamento e óbito que passam a contar, entre outras coisas, com o número do CPF.

Genitores e não filiação
Outra mudança é que os documentos passam a levar o termo “filiação” e não mais o termo “genitores”. De acordo com o governo, é possível o recém-nascido ter dois pais, duas mães, uma mãe e dois pais e assim por diante. O mesmo vale para casais que tenham optado por técnicas de reprodução assistida, como é o caso da barriga de aluguel e da doação de material genético. Todas as mudanças passam a valer em todo o Brasil.

Agilidade no falecimento
Nas certidões de óbito, o lançamento de todos os documentos permitirá o cancelamento automático dos documentos do falecido pelos órgãos públicos, contribuindo para a diminuição de fraudes.

Em resumo, é mais uma forma de mostrar, com clareza, como o governo enxerga o cidadão brasileiro: apenas e unicamente como um contribuinte.
Um número de CPF que equivale a mais arrecadação e recolhimento de impostos.
Na certidão de nascimento é a certeza governamentla que o recém-nascido será acompanhado em todas as esferas para que, ao ser cadastrado através da Carteira de Trabalho, repasse, compulsoriamente, toda a parte que eqeivale aos impostos.

Maior controle do governo sobre a sociedade sem nenhuma preocupação com o retorno desses tributos em serviços para uma população com condições mais dignas de vida…

Isso, por enquanto, ainda é Brasil!

Comentários