Home Educação TERRORISTA INVADE ESCOLA E ATIRA EM COLEGAS DE CLASSE EM MG

TERRORISTA INVADE ESCOLA E ATIRA EM COLEGAS DE CLASSE EM MG
0

TERRORISTA INVADE ESCOLA E ATIRA EM COLEGAS DE CLASSE EM MG

0

Um jovem de 16 anos que cursava o segundo ano do ensino médio, na Escola Estadual Orlando Tavares, na zona rural da cidade de Caraí, interior de Minas Gerais faltou a aula hoje e decidiu invadir a sala de aula armado com uma garrucha de dois canos e um facão para matar colegas de classe.

Segundo o jornal Estado de Minas, o atirador teria pulado o muro para entrar na instituição de ensino e tentado abrir a porta da sala que estudava, mas foi impedido por uma professora. Com a ajuda de outros alunos, ela forçou a porta contra o suspeito.

O garoto, então, atirou pelo lado de fora e atingiu um colega de classe de 16 anos. Depois disso, ele saiu atirando pelo corredor. Junto ao menino ferido pela bala, outro estudante, ferido com u

Ele tentou fugir pulando o muro, mas foi detido pela Polícia Militar junto a outro jovem que não teve envolvimento com o caso esclarecido pela polícia. O ataque aconteceu por volta das 8h.

 

Rejeição amorosa motivou crime
Uma rejeição amorosa pode ter causado o ataque a tiros na Escola.

À imprensa, o coronel Marinho, responsável pela investigação do caso, afirmou que o jovem foi “desprezado” por duas meninas da escola . “Duas estudantes da escola se negaram a ter um relacionamento com o suspeito, a namorar com ele. E essa teria sido a motivação para o crime”, disse.

Apesar dessa suspeita, o oficial disse que o adolescente se recusou a comentar sobre o que teria motivado o crime . Após a polícia detê-lo, o padrasto dele, de 80 anos foi preso por omissão de cautela. Ele era dono da arma do modelo garrucha utilizada pelo adolescente.

Dois feridos
As duas pessoas encaminhadas ao hospital eram estudantes. Um deles levou um tiro de raspão no pescoço na hora em que ajudava a professora a fechar a porta e impedir que o adolescente entrasse no local. A polícia ainda não sabe se o outro aluno foi atingido por um tiro ou por golpes do facão que também era levado pelo estudante.

Comentários
-- Jornal Nação --