Home Mundo templos hinduístas não podem proibir entrada de mulheres menstruadas

templos hinduístas não podem proibir entrada de mulheres menstruadas

templos hinduístas não podem proibir entrada de mulheres menstruadas

0

A Suprema Corte indiana determinou que templos religiosos no país não têm mais direito de proibir a entrada de mulheres. Na índia, alguns templos hinduístas impedem que as mulheres tenham acesso a seu santuário, entre eles o famoso templo Sabarimala, no Estado de Querala, sul do país, que proíbe a entrada de todas as fiéis entre 10 e 55 anos.
A mais alta corte do país ordenou que o conselho que administra esse templo explique porque bania a entrada das mulheres. “Que direito eles tem de proibir que as mulheres entrem em qualquer parte do templo?”, perguntou o juiz da Suprema Corte Dipak Misra. “Discriminação de gênero desse tipo é inaceitável”, acrescentou, segundo o jornal britânico The Guardian.
O templo Sabarimala é um dos poucos na Índia que tem restrições a entrada de mulheres que menstruam. A discriminação contra as mulheres menstruadas é comum em algumas partes da Ásia, onde são proibidos de entrar em casas e lugares sagrados e participar de festivais e eventos.

Comentários