Home Sociedade Sem-teto ocupam hospital desativado em São Paulo

Sem-teto ocupam hospital desativado em São Paulo

Sem-teto ocupam hospital desativado em São Paulo

0

Um grupo ligado à União dos Sem-Teto ocupou o antigo Hospital Pan-Americano, no Alto de Pinheiros, bairro nobre da zona oeste paulistana. Segundo o movimento, cerca de 200 famílias começaram a chegar ao imóvel dia 21/08, numa sexta-feira. Elas deixaram um prédio ocupado na região da Sé, no centro, onde uma ordem de despejo está prestes a ser cumprida.

Havia pouco movimento no imóvel. Todas as entradas foram bloqueadas com tapumes ou entulhos. Uma viatura da Polícia Militar faz ronda permanente na área, com a ordem de evitar a entrada de novos ocupantes ou de pessoas com móveis.

“Eles explicaram que não podiam chegar mais pessoas e que não era para entrar com móveis”, contou uma das ocupantes, a cabeleireira Fernanda Oliveira, no portão do prédio. “A gente não quer entrar em conflito com eles”, disse Fernanda, ao acrescentar que o grupo está cumprindo o acordo informal com a polícia.

Segundo a cabeleireira, o grupo faz revezamento para ir trabalhar, levar as crianças à escola e até para tomar banho na casa de parentes. “A gente faz revezamento para tudo. Conversa com os patrões. Quem é autônomo não vai trabalhar. E também nos revezamos para dormir. Uma parte dorme, e a outra fica acordada”, contou Fernanda, que está na ocupação com o marido e a filha de 7 anos.

Preocupados principalmente com as crianças, os sem-teto fizeram um mutirão para limpar o prédio. Para o trabalho, compraram vassouras e produtos de limpeza. “Sobrou isso aqui, muito lixo”, disse Fernanda, mostrando um monte de entulho que bloqueava o portão, ao responder sobre o que restou da antiga infraestrutura do prédio.

O Hospital Pan-Americano pertencia ao grupo Samcil, que entrou em liquidação judicial em 2011. O imóvel foi desapropriado pelo governo do estado para ser transformado em um hospital especializado em trauma.

Comentários
-- Jornal Nação --