Home Brasil Rio recebe até domingo a Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo

Rio recebe até domingo a Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo

Rio recebe até domingo a Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo

0

A exibição do documentário Betinho, a Esperança Equilibrista, de Victor Lopes, sobre a trajetória do sociólogo e ativista Herbert de Souza (1935-1997), precedida do curta Abraço de Maré, de Victor Ciriaco, abriu na noite de terça-feira (15) a etapa carioca da 10ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no Mundo. Realizada de forma quase simultânea em todas as capitais do país, ao longo de um período de cinco semanas a partir do 13 de novembro, a mostra encerra sua edição 2015 no próximo domingo (20) em duas dessas cidades, Rio de Janeiro e Curitiba.

Em cada capital fazem parte da programação um total de 40 filmes, entre longas, médias e curtas-metragens, divididos em  três mostras: Homenagem,  Panorama e Temática. No Rio, as sessões, todas gratuitas, são realizadas na Caixa Cultural, no centro da cidade.

A mostra Homenagem é uma retrospectiva das nove edições anteriores, com a exibição de filmes premiados em cada uma delas. Já a mostra Temática tem como foco este ano a criança e o adolescente, enquanto a Panorama reúne 24 filmes produzidos a partir de 2011 no Brasil, França, Estados Unidos e Singapura.

“Todos os filmes são exibidos com intérpretes de Libras (língua de sinais), em closed caption, para os deficientes auditivos e alguns contam com audiodescrição para deficientes visuais”, informa Ricardo Favilla, produtor executivo do Instituto Cultura em Movimento (Icem), responsável pela organização da mostra que tem como realizador o governo federal, através do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos e da Secretaria Especial de Direitos Humanos.

“O interessante na programação deste ano é que as curadoras Janet Rochenbach e Tatiana Maciel buscaram filmes que atenderam todas as áreas contempladas pela Secretaria de Direitos Humanos”, destaca Ricardo Favilla. Segundo ele, esse critério também norteou a mostra temática voltada para as crianças e os adolescentes. “São filmes que falam da variada gama dos direitos humanos em linguagem capaz de atrair os jovens”, diz o produtor.

Sempre com foco na questão dos direitos humanos, os filmes tratam de temas como pessoas com deficiência, população LGBT e enfrentamento da homofobia, população negra, moradores de rua, idosos, sistema prisional, democracia e participação política e vários outros. O cinema brasileiro predomina entre os títulos selecionados, mas, segundo Favilla, o festival se abre cada vez mais para outros países.A programação completa está disponível no site www.mostracinemaedireitoshumanos.sdh.gov.br . A Caixa Cultural fica na Avenida Almirante Barroso, 25, no centro do Rio.

Comentários
-- Jornal Nação --