Home Mundo Primeira criança com sexo indefinido é registrada no Canadá

Primeira criança com sexo indefinido é registrada no Canadá
0

Primeira criança com sexo indefinido é registrada no Canadá

0

Kori Doty é uma pessoa transgênero não binária, ou seja, que não se identifica nem como homem e nem como mulher. E, de acordo com as escolhas que fez pra si, decidiu que seu filho também não terá sexo definido.
Ele entrou com um pedido na justiça do Canadá para pedir que o bebê, nomeado de Searyl Atli, não seja identificado por gênero. E foi atendido, na carteirinha de saúde da criança, na definição de sexo encontra-se um “U”, abreviação para “undetermined”, indeterminado em inglês.

Doty se refere a si mesmo e a criança com os pronomes “eles” ou “seus”, e acredita que a identificação de gênero nos documentos fere os direitos à vida, liberdade e segurança à liberdade
de expressão da criança.
“Searyl é quem vai decidir como quer se identificar, quando tiver idade o bastante para desenvolver sua identidade de gênero. Não vou reduzir suas escolhas baseado em um sistema arbitrário”, reclama.

Kori acredita que os que se sentem diferentes ao gênero biológico enfrentam diversos problemas no decorrer da vida para mudar os documentos. “Quando eu nasci, os médicos examinaram meus órgãos genitais e fizeram suposições sobre quem eu seria, e isso me seguiu ao longo de toda minha vida”, lamenta. “Essas premissas estavam incorretas, e acabei tendo que fazer muitos ajustes desde então”.

Algumas províncias canadenses, como Ontario e Alberta, estão avaliando incluir o gênero não-binário nos documentos. Quem defenderá as crianças ignoradas em seu direito de serem reconhecidas através da biologia? O que ampara legalmente o achismo e a vontade mutável do ser humano sobre a prova material e incontestável de um corpo físico e genes que determinam, sem variação de dúvida, o gênero de alguém?

Comentários