Home Brasil Pai de modelo morta afirma que ciclovias de São Paulo não têm segurança

Pai de modelo morta afirma que ciclovias de São Paulo não têm segurança

Pai de modelo morta afirma que ciclovias de São Paulo não têm segurança

0

O pai da modelo Mariana Livinalli Rodriguez, morta ontem (3) em acidente com ônibus na Avenida Faria Lima quando andava de bicicleta, afirmou na manhã desta sexta-feira (4) no Instituto Médico Legal (IML) Central que faltam segurança e estrutura para as ciclovias da cidade de São Paulo. O acidente ocorreu fora da ciclovia, em um cruzamento, perto da ciclovia na Faria Lima. O pai afirmou que Mariana “era um anjo” e o momento “é de extrema dor”.

“Pelo que eu vi essas ciclovias, a parte que eu conheço de São Paulo, já que eu já estive em julho vendo a minha filha em uma peça, eu fiquei horrorizado com essas ciclovias. Com a falta de segurança e de estrutura necessárias para que elas existam. Acho que tem que ter muito além do que pintar uma faixa na rua e achar que isso é suficiente”, afirmou.

“Não quero achar culpado. Não é a nossa vontade. Não vai trazer a minha filha de volta, mas foi negligência”. O pai disse que não chegou a ir ao local do acidente e que não está a par dos novos passos da investigação.

O pai chegou ao Instituto Médico Legal (IML) Central, onde está o corpo da filha, no início da manhã desta sexta-feira (4) com um pequena sacolinha de roupas.

Comentários
-- Jornal Nação --