Home Brasil OBRIGATORIEDADE DA RAS AOS PM’S NÃO FOI PAGA E AGENTES RECLAMAM DE NOVO ABANDONO

OBRIGATORIEDADE DA RAS AOS PM’S NÃO FOI PAGA E AGENTES RECLAMAM DE NOVO ABANDONO
0

OBRIGATORIEDADE DA RAS AOS PM’S NÃO FOI PAGA E AGENTES RECLAMAM DE NOVO ABANDONO

0

Político ladrão atrás das grades continua recebendo salário, seus assessores sem nenhum trabalho a realizar continuam empregados e recendo benefícios, mas esse Brasil que não honra seus heróis continua massacrando a Polícia Militar no estado do Rio de Janeiro.
O pagamento Adicional de serviço (RAS) que voltou a funcionar (figurativamente e contra vontade dos agentes) no mês passado de forma obrigatória aos policiais militares ainda não foi paga.
A Secretaria de Fazenda não realizou o pagamento das diárias dos míseros R$163 alegando estar consolidando os dados.
A expectativa dos agentes era a de que os repasses do programa fossem creditados junto com os salários, no dia 14.

Indignação dos agentes
O programa foi criado em 2012 para afastar os PMs da segurança privada, atividade não autorizada pela corporação. O governo do estado não beneficia e ainda atrapalha os agentes que buscam complemento do salário realizando serviços extras. É que a volta obrigatória da RAS acaba com qualquer alternativa de função fora dos batalhões.

Depoimento
Um policial que não quis se identificar alega que a RAS não compensa seu dia de trabalho.”Moro no interior do estado, na cidade de Paraíba do Sul e estou sendo escalado em batalhões da capital”, disse um policial que pediu para não ser identificado. “O valor que pagam no RAS não vale a pena, pois só de deslocamento da minha casa são 155 km. Eu pago pra trabalhar”, desabafou. A PM não se manifestou a respeito das queixas.

Comentários