Home Sociedade Nova técnica de rastreio do câncer de ovário facilita diagnóstico

Nova técnica de rastreio do câncer de ovário facilita diagnóstico

Nova técnica de rastreio do câncer de ovário facilita diagnóstico

0

Um estudo feito no Reino Unido mostrou que quase 90% dos casos de câncer de ovário podem ser diagnosticados precocemente com a ajuda apenas de um exame de sangue. Os primeiros resultados comprovam que os tumores ovarianos liberam no sangue altos níveis de uma substância química chamada CA125.

Foram feitos exames anuais de rastreio em cerca 46 mil mulheres com 50 anos ou mais de idade para detectar o nível do CA125. Em torno de 86% dos cânceres detectados nessas mulheres foram descobertos no início. A porcentagem é quase duas vezes maior do que a registrada em outros métodos de rastreio de câncer de ovário, segundo a pesquisa.

”Com o diagnóstico precoce, as chances de sobrevida aumentam muito”, destacou o patologista clínico Helio Magarinos Torres Filho. “Com esse câncer detectado no início, a paciente tem mais de 90% de cura,  mas quando é detectado em estágio mais avançado, a mortalidade aumenta consideravelmente”, alertou.

O médico destacou também que a técnica não deve ser utilizada em todas as mulheres. “Há recomendação para os casos mais suspeitos, quando a paciente tem na família alguém que já teve esse tipo de câncer, quando há a descoberta de alguma estrutura suspeita. Aí, pode-se usar o marcador para se determinar se é um tumor ou se é maligno.”

Comentários
-- Jornal Nação --