Home Mundo Morte após erro de GPS no RJ repercute na imprensa internacional

Morte após erro de GPS no RJ repercute na imprensa internacional

Morte após erro de GPS no RJ repercute na imprensa internacional

0

A morte da jornalista Regina Múrmura, baleada por traficantes de drogas ao entrar por engano com seu marido, o empresário Francisco Múrmura, na favela do Caramujo, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, foi repercutida na imprensa internacional. A maioria dos veículos destacou o risco do uso de GPS para se orientar no Grande Rio e em outras cidades brasileiras.

“Brasil: quando um GPS te conduz à morte”, estampou na manchete o site francês Le Point. A revista diz que o casal errou por causa dos endereços semelhantes no aplicativo. Eles iam para a  Avenida Quintino Bocaiúva, perto da praia e acabaram na rua  Quintino Bocaiúva, no Caramujo. Eles também dizem que muitas pessoas são obrigadas a usar o aplicativo por causa dos engarrafamentos nas principais cidades brasileiras.

Francisco Múrmura disse à polícia que usava o aplicativo Waze, mas em vez de ser direcionado à Avenida Quintino Bocaiúva, em área nobre de Niterói, foi guiado para a Rua Quitino Bocaiúva, dentro da comunidade do Caramujo. O casal foi recebido a balas por criminosos e Regina foi baleada.

Comentários