Home Educação MINISTRO SENTE FALTA DE POBRES NAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS
0

MINISTRO SENTE FALTA DE POBRES NAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS

0

O ministro da Educação, José Mendonça Filho, disse que o maior desafio educacional no Brasil é a qualidade do ensino. Para o ministro, melhorar a qualidade da educação básica é um dever imediato, não apenas no campo das políticas sociais, mas na perspectiva do desenvolvimento econômico, uma vez que o Brasil perde espaço quando o tema é competitividade.

O ministro comentou que o Brasil tem um bom padrão de ensino superior público e também há instituições privadas em excelente qualidade, mas é preciso buscar avanços mais significativos, porque ainda não se consegue alcançar o patamar global que se vê na Europa, na América do Norte e na Ásia.

Outro fator que é preciso ser avaliado, na visão dele, é maior participação de alunos POBRES em instituições públicas que, geralmente, recebem estudantes de condições financeiras mais elevadas porque tiveram um nível de ensino anterior de melhor qualidade.

OPINIÃO

Político no Brasil lança asneiras achando que todo brasileiro vive alheio aos acontecimentos. A principal questão em todo o discurso politicamente correto de Mendonça é a sequinte: Do sonho à realidade, quando o panorama educacional no Brasil vai mudar?
Crianças europeias e asiáticas resolvem questões complexas de matemática nos primeiros anos de escola enquanto no Brasil elas rebolam funk ao som do hino nacional ou são influenciadas negativamente por drags queens que se acham no direito de discursar sobre família dentro das salas de aulas.

Para haver mais pobres dentro das faculdades publicas é preciso ter maior qualidade de ensino para esses mesmos pobres dentro das escolas primárias!

Anote, senhor ministro, por favor, essa lição!

Comentários