Home Brasil MAIS DE 20 MULHERES ACUSAM MÉDICO CARDIOLOGISTA DE ABUSO SEXUAL

0

MAIS DE 20 MULHERES ACUSAM MÉDICO CARDIOLOGISTA DE ABUSO SEXUAL

0

Cardiologista Augusto César Barreto Filho é acusado de molestar as pacientes durante exames

Mais vítimas compareceram à delegacia e ao Ministério Público, em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, para denunciar o médico Augusto César Barreto Filho por abuso sexual. Segundo a delegada Adriana Pavarina, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), já passa de vinte o número de vítimas. “Ainda não deu tempo de contar todos os registros, mas aumentou bastante.
De acordo com a delegada, a quantidade de queixas pode subir, porém, algumas mulheres acabam não comparecendo para oficializar a denúncia por receio de exposição da imagem. “Infelizmente, chegaram a divulgar os nomes de algumas vítimas e isso pode afastar outras pessoas de também fazerem a denúncia”, explicou.

Ainda assim, somente ontem, mais duas mulheres engrossaram a lista afirmando que também foram abusadas pelo profissional que atua na área de cardiologia. Como as demais, elas alegaram que o acusado teria passado as mãos pelas suas partes íntimas e feito outros abusos durante as consultas.

Relatos
As denúncias feitas agora são pelo crime de posse sexual mediante fraude, que tem pena prevista de até seis anos de reclusão. Uma das vítimas contou que Augusto César Barreto Filho agia, principalmente, na hora dos exames. “Ele ia medir a pressão arterial e, enquanto segurava meu braço, aproveitava para esfregar suas genitálias na minha mão”, falou uma das mulheres que registrou queixa contra ele e preferiu não se identificar.

De acordo com a paciente, até na hora de medir as batidas do coração com o estetoscópio o médico praticava o assédio. “Em uma consulta, no momento em que fazia o exame, ele passou a mão na minha coxa e tentou tocar também dentro da minha calça”, completou a paciente.

Comentários
-- Jornal Nação --