Home Brasil GOVERNO BOLSONARO TIRA MEIO MILHÃO DE SITUAÇÃO DE EXTREMA POBREZA

GOVERNO BOLSONARO TIRA MEIO MILHÃO DE SITUAÇÃO DE EXTREMA POBREZA
0

GOVERNO BOLSONARO TIRA MEIO MILHÃO DE SITUAÇÃO DE EXTREMA POBREZA

0

Medo de auditoria causa debandada de beneficiários do Bolsa Família

Após o pronunciamento do governo Bolsonaro de que haverá um pente-fino em todos os programas sociais do país, um verdadeiro milagre começou a acontecer nas contas públicas do Brasil.
A Secretaria Especial do Desenvolvimento Social do Governo Federal registrou a saída voluntária de masis de meio milhão de pessoas que declararam espontanemante não constar mais na situação de miséria extrema.
Até o fechamento desta edição cerca de 512 mil e 148 pessoas haviam se desligado do programa abrindo mão da ajuda governamental.

Desligamento voluntário  Mais de 520.148 mil pessoas já solicitaram o desligamento voluntário em todo o país. As famílias que desejarem sair do Bolsa Família por terem conquistado autonomia e independência financeira devem procurar o setor responsável pelo programa em sua cidade e fazer a solicitação.
Caso o beneficiário volte a uma situação de vulnerabilidade, tem retorno garantido ao programa. “Famílias que pedem o desligamento voluntário têm o direito de voltar ao programa em 36 meses, sem a necessidade de passar por um novo processo de seleção. Basta se dirigir ao setor responsável e solicitar o retorno. Após atualizar as informações cadastrais, o beneficiário volta a receber o pagamento no mês seguinte”, explica a diretora do Departamento de Benefícios do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Caroline Paranayba.

Condições
O programa é voltado para famílias com renda mensal por pessoa de até R$ 89, além daquelas com renda familiar mensal de até R$ 178 por pessoa e que tenham crianças, adolescentes ou gestantes entre os membros. Atualmente, 14,1 milhões de famílias estão no Bolsa Família. Ao ingressarem, as famílias devem cumprir condicionalidades nas áreas de Saúde e Educação.

Comentários