Home Brasil FIDEL CASTRO E CHE GUEVARA CONTINUAM COM PASSE LIVRE NAS UNIVERSIDADES FEDERAIS DO PAÍS

FIDEL CASTRO E CHE GUEVARA CONTINUAM COM PASSE LIVRE NAS UNIVERSIDADES FEDERAIS DO PAÍS
0

FIDEL CASTRO E CHE GUEVARA CONTINUAM COM PASSE LIVRE NAS UNIVERSIDADES FEDERAIS DO PAÍS

0

Há brasileiro que garanta com propriedade de causa que não houve ditadura no país. Homens e mulheres que comprovam que o discurso comunista da politicagem do Brasil não passa de distorção da realidade a ataque contra a história da nação.
Mas, pelo menos, nas Universidades e Instituições Federais de Educação de todo o país deverão informar ao Ministério Público Federal (MPF) sobre homenagens concedidas a quaisquer dos 377 acusados por graves violações de direitos humanos durante o regime militar, já identificados no Relatório Final da Comissão Nacional da Verdade.
A solicitação é da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC/MPF) e o documento foi encaminhado a mais de 100 instituições públicas de ensino superior em todo o País.

Deborah Duprat, a procuradora federal dos Direitos do Cidadão, pede que os estabelecimentos apontem a existência de títulos honoríficos, nomes de prédios, salas, espaços, ruas, praças ou logradouros dos campi que façam alusão a pessoas responsáveis direta ou indiretamente pela prática de tortura e assassinatos cometidos durante a ditadura militar, entre 1964 e 1985.

Mas a mesma Comissão de Direitos do Cidadão não impede homenagens a quaisquer terroristas e assassinos sanguinários que lutaram e mataram militares e civis na década de 60.
As instituições de ensino, principalmente as federais, estão repletas de comunistas travestidos de
historiadores, professores, de sociólogos que, por muito tempo, impuseram como sendo verdade absoluta seus conhecimentos baseado em ideologias partidárias e pessoais.
Os que criticam o Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra são os que se mostram apaixonados por Fidel Castro e Che Guevara, os quais executaram mais de 12 mil cubanos fuzilados sem direito a julgamento.

A decisão é mais um grande avanço contra a democracia dos que lutam pela implementação da ditadura do proletariado aos moldes de Cuba.

Comentários