Home Brasil Ex-Mulher de cardiologista assassinado a facadas na lagoa dá lição de cidadania

Ex-Mulher de cardiologista assassinado a facadas na lagoa dá lição de cidadania

Ex-Mulher de cardiologista assassinado a facadas na lagoa dá lição de cidadania

0

Em um ano foram registrados mais de 225 casos de mortes a facadas no estado.  A última vítima foi o médico cardiologista de 57 anos, Jaime Gold que pedalava na Lagoa, zona sul da cidade, quando foi abordado por dois assaltantes que o golpearam várias vezes no tórax,  e não resistiu aos ferimentos. Um frentista que presenciou o assalto disse que Gold não reagiu.

Márcia Amil, ex-mulher de Gold e mãe de seus dois filhos, se indignou com os que pretendem se aproveitar do crime para levantar a bandeira da redução da maioridade penal. “ nem sei se foram menores, mas sei que Jaime foi vítima de vítimas, que são vítimas de vítimas. Enquanto nosso país não priorizar saúde, educação e segurança, vão ter cada vez mais médicos sendo mortos nos cartões postais do país. Não  só médicos. Afinal, morrem cidadãos todos os dias em toda a cidade, não só na zona sul”.

Uma declaração desta dimensão social reforça a urgente necessidade da política brasileira atentar-se à causa e deixar apenas de tapar os buracos da consequência. A partir deste horror não é difícil encontrar agora policiais em torno da Lagoa. Mas e os outros lugares? Esperaremos outra morte bárbara para as autoridades mapearem  e cobrirem o estado com segurança pública já paga pelos contribuintes?medico

Comentários
-- Jornal Nação --