Home Sociedade EUA DISCUTEM ARMAR PROFESSORES PARA EVITAR DESGRAÇAS DENTRO DAS ESCOLAS

EUA DISCUTEM ARMAR PROFESSORES PARA EVITAR DESGRAÇAS DENTRO DAS ESCOLAS
0

EUA DISCUTEM ARMAR PROFESSORES PARA EVITAR DESGRAÇAS DENTRO DAS ESCOLAS

0

Discussão ressurgiu depois dos últimos atentados dentro das unidades escolares

Em meio à discussão sobre o cancelamento ao livre porte de armas nos Estados Unidos, uma nova tragédia reascende o armamento no meio da população. Estudantes americanos estão trocando os livros pelas pistolas automáticas e vitimando seus colegas de classe.

Após onze ataques a tiros em escolas, o governo volta a debater o porte de armas e agora estuda treinar professores para serem os primeiros obstáculos dos terroristas estudantis.

O caso que trouxe à tona a discussão pelo preparo de docentes para o confronto armado aconteceu em uma escola em Benton, no estado de Kentucky. Dois estudantes morreram e 14 ficaram feridos quando um colega de classe abriu fogo do lado de fora da escola.

O caso colocou o assunto na pauta do dia dos jornais e reacendeu o debate sobre possíveis soluções para o problema, como capacitar professores para reagir em situações desse tipo – o que já tem sido adotado em alguns Estados nos EUA.

Há um número crescente de políticos americanos que têm proposto novas leis que visam aumentar o número de armas de fogo nas escolas e em outros prédios públicos, além de armar professores e funcionários das escolas como meios de defesa.

Além de ser uma medida polêmica, os defensores do porte de arma por professores terão também de convencer os mestres a esse tipo de conduta. Uma pesquisa realizada em 2013 feita pela Associação Nacional de Educação apontou que apenas 22% dos professores do país disseram aprovar a ideia de ter a equipe armada, enquanto 68% disseram se opor.

Por outro lado, os que lutam para manter as armas fora das escolas dizem que armar professores é uma solução ruim para o problema errado, particularmente em Estados em que faltam leis para permitir a posse de armas de fogo em casa.

Uma coisa é pensar em neutralizar um bandido. Criminoso é desenhado pelo imaginário humano como um adulto violento e descontrolado. Como assegurar que um educador conseguirá disparar contra um aluno que sempre esteve em seu convívio escolar?

Opinião

Diferentemente do que a esquerda teima em noticiar, a discussão sobre o porte de armas nos EUA não é pela revogação e sim pelo armamento dos professores que poderão ser a primeira barrera contra os terroristas.

Até que ponto alguém estaria disposto a atentar contra a vida de inocentes tendo a certeza de que encontrará resistência armada?

Comentários