Home Educação ESTUDANTES DA REDE FEDERAL DE ESCOLAS DO RIO IRÃO PERDER O PASSE LIVRE EM 2018

ESTUDANTES DA REDE FEDERAL DE ESCOLAS DO RIO IRÃO PERDER O PASSE LIVRE EM 2018
0

ESTUDANTES DA REDE FEDERAL DE ESCOLAS DO RIO IRÃO PERDER O PASSE LIVRE EM 2018

0

Apesar de terem passado por concursos, muitos alunos das escolas federais do Rio poderão ter de abandonar suas vagas por não terem como bancar o transporte.
João Vitor Goettinaer Santos, de 17 anos, por exemplo, mora em Miguel Pereira e pega três conduções para chegar a Seropédica, onde estuda. Hoje, ele não paga nada. No entanto, a partir de janeiro de 2018, o governo do estado, que paga o subsídio da gratuidade, vai deixar de bancar o valor. E João terá que gastar R$ 800 por mês.
Após uma avaliação interna, a pasta decidiu que o Estado não tem obrigação de pagar o transporte dos estudantes. O subsídio às empresas de ônibus sai da Secretaria estadual de Educação (Seeduc). Atualmente, os gastos com o benefício são de R$1,5 milhão mensais.
Um decreto definiu que o benefício seria encerrado no dia 1 de janeiro de 2018, o que atingirá 27 mil estudantes. O estado tem 53 escolas, como o Pedro II e o Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet).
“Vamos voltar a ter uma escola elitizada, já que os alunos cotistas não terão condições de frequentar a escola. A gente prevê que a evasão será grande” conta a coordenadora de um colégio federal do Rio.

Segundo a pasta, a decisão foi tomada no começo do ano e a Seeduc deu um prazo para elas se adequarem.
Para justificar o fim do benefício, a Seeduc e o Ministério da Educação (MEC) empurram a responsabilidade um para o outro.
Enquanto isso, os alunos ficam mais uma vez prejudicados e sem alternativas.

Comentários