Home Educação ‘Escola de rico para pobres’ muda vidas no Paraná

‘Escola de rico para pobres’ muda vidas no Paraná
0

‘Escola de rico para pobres’ muda vidas no Paraná

0

Instituição de ensino gratuita foi constituída por doações de pessoas e empresas que acreditam na educação

Em 2007, Thereza Elizabeth Castor, de 68 anos, e seu marido, Belmiro Castor, decidiram usar o tempo livre para criar uma instituição de ensino gratuita para crianças da cidadezinha de Piraquara, na zona rural de Curitiba, no Paraná.
O diferencial do casal estava no objetivo de criar uma “escola de ricos para pobres”. A escola deveria ser completamente independente da administração pública, mantida por doações de pessoas ou empresas interessadas em projetos beneficentes. “Como meu marido foi secretário de Educação do Estado, ele teve a experiência de que a parte educacional fica muito sujeita às vontades dos políticos, que ficam pedindo remanejamento de alunos e professores para agradar o eleitorado. Por isso não quisemos nenhum vínculo com a classe política.” disse dona Elizabeth.
O espaço físico da escola foi projetado voluntariamente pelo arquiteto Manoel Coelho – autor do projeto da PUC-PR e do mobiliário urbano de Curitiba e começou a funcionar em 2010, com a ajuda de doações de grupos de amigos do casal.
O Centro Educacional João Paulo 2º, possui ensino infantil em período integral, para crianças de 3 a 5 anos, e é reconhecido pela secretaria de educação. Dos 6 aos 14 anos, elas vão para lá depois da escola regular e têm aulas de reforço de português, matemática e literatura, além de teatro, caratê, futebol, artes, música e dança.

Recompensa
A recompensa recebida possui muito mais valor que dinheiro, Elizabeth conta sobre a gratidão das famílias pobres que são ajudadas pela instituição. “Uma dessas famílias veio nos agradecer depois de um tempo dos filhos deles conosco. A esposa conseguiu começar a trabalhar e estudar porque eles passavam o dia aqui. A visão de futuro deles passou a ser outra.”

Comentários