Home Educação Eles querem aprender, mas ninguém investe na escola

Eles querem aprender,  mas ninguém investe na escola
0

Eles querem aprender, mas ninguém investe na escola

0

Aprovação de vestibular ou concurso público garantem diploma antecipado ao aluno desrespeitado pelo estado

Incompetência de governo é nota 10

Alunos serão aprovados antecipadamente por conseguirem ingressar em uma vaga nos concursos públicos pelo país. Uma vergonha total! Não pelos alunos, mas o atestado de incompetência do governo na educação falida que sangra sem investimento. Mesmo sem aulas, disciplinas essenciais um aluno sequer passar em concurso público sem a formação do ensino básico é a prova que o governo é, continuamente, nota 10 no quesito inconpetência. A expressão repete-se em homenagem a tudo o que governo mostra pela pasta ano após ano.

 

37 cidades terão curso

de medicina

O Ministério da Educação publicou a portaria que divulga quais cidades e instituições privadas foram selecionadas para a implantação
do curso de medicina.
Serão abertas 2.355 vagas para a formação de médicos distribuídas em 37 cidades de dez estados. A mais beneficiada foi São Paulo, com
13 cidades.
O projeto prevê que 10% das vagas sejam destinadas a estudantes de baixa renda.
O objetivo dessa decisão de abertura de novos cursos é expandir o atendimento em munícipios considerados prioritários, regiões que tinham carência de médicos. Todas as cidades selecionadas tem pelo menos 70 mil habitantes e ainda não ofereciam formação médica nas universidades.
As empresas convocadas terão até o dia 11 de outubro para a entrega de garantia da execução do projeto. E até 18 meses para implantar o curso efetivamente.
A expansão já estava prevista desde 2014, com o programa mais médicos, mas o edital foi suspenso em outubro de 2015, por decisão do Tribunal de Contas da União.

Comentários
-- Jornal Nação --