Home Comportamento Descubra o fator em comum entre Steven Spielberg, Oprah e Steven Jobs

Descubra o fator em comum entre Steven Spielberg, Oprah e Steven Jobs

Descubra o fator em comum entre Steven Spielberg, Oprah e Steven Jobs

0

Por Luiz Fernando Rodrigues*

Mesmo não tendo uma extensa bagagem profissional, pude constatar que as empresas não estão apenas procurando colaboradores que falam outro idioma ou que tenham muito conhecimento técnico. As empresas estão atrás de colaboradores que marquem a história da empresa em que trabalham! Seja por causa das suas características e, ou, seu exemplo, eles naturalmente marcam a história das empresas e, alguns, impactam até gerações!

É possível comprovar essa realidade por meio de alguns exemplos como o Steven Spielberg, considerado um dos cineastas mais populares e influentes da história do cinema. Sabe como o Spielberg iniciou a sua trajetória profissional? Como aprendiz, aos 17 anos na Universal! Conta-se que o atual cineasta entrava nos estúdios e abordava os diretores, mesmo não tendo acesso. Isso impressionou os executivos e, por isso, ofereceram-no um contrato. Está aí um exemplo de um jovem aprendiz que marcou a história da sua empresa e também de gerações.

Passamos do cinema para o início da história da “dama” da televisão americana que também é uma das personalidades mais influentes do século XXI. Enfrentou pobreza, abandono dos pais, racismo e outras dificuldades, mas frequentava assiduamente a igreja e, por conta disso, descobriu a sua aptidão de falar em público. Apostou nessa habilidade ao se inscrever em um concurso de locução, no qual saiu vitoriosa. Um tempo depois, entrou na faculdade e também conseguiu o seu primeiro emprego em uma rádio.

Naquele tempo já fazia história, afinal, o seu emprego representava a primeira jovem negra à frente de um programa jornalístico em Nashville. Você já descobriu de quem estou falando? Oprah Winfrey! Sim, ela marcou a história da sua empresa por ser pioneira em grandes marcos, além de ser a responsável por altos números de audiência.

Antes de entrar neste penúltimo exemplo, quero questioná-lo, já ouviu falar do filme ‘Naufrágo’? Aliás, consegue pensar neste filme sem lembrar do ‘Wilson’? Ou também o filme ‘Código da Vinci’?

Bom, o responsável por estrelar essas grandes produções começou a sua carreira profissional rumo às telonas durante um festival de teatro em Cleveland que, depois da fama, levou o nome da sua empresa carregando a sua história e o seu legado. Venceu e foi indicado a diversos prêmios ao longo dos anos, inclusive o ‘Oscar de Melhor Ator’.

Em 2012, os filmes estrelados por essa potência cinematográfica haviam totalizado mais de nove bilhões de dólares, tornando-o um dos atores mais bem-sucedidos de todos os tempos. E quem não conhece o Tom Hanks? É possível identificar nele um aprendiz sério, responsável e maduro, que por conta do seu sucesso, fruto do seu trabalho, a empresa onde iniciou a sua trajetória como jovem aprendiz é relembrada. Hanks marcou a história da sua companhia e do cinema e, assim, impactou e continua impactando gerações.

E por último, mas, definitivamente, não menos importante, Steve Jobs. Você sabia que ele começou como jovem aprendiz? Sim, determinado e, permita-me incluir, corajoso. Ele foi falar com o William Hewlett, co-fundador e presidente da Hewlett-Packard (HP), que foi seu chefe durante um breve período, sobre o seu projeto do colégio. Hewlett apostou no jovem e ofereceu-lhe um emprego de iniciante em sua empresa. Nota-se em Jobs, um aprendiz que criou as suas oportunidades e, principalmente, as aproveitou para inovar. Sem mais delongas e, ou, sombra de dúvidas, Steve Jobs marcou a história da empresa de William Hewlett e, mesmo após o seu falecimento, marca gerações.

Com essas personalidades, repito a minha constatação inicial, as empresas estão em busca de colaboradores que marquem a história da organização e, por isso, estão procurando por jovens que estejam interessados em deixar os seus legados e impactar gerações. Por isso, você que é aprendiz, use essa oportunidade a seu favor. As portas tendem a abrir para você se estiver compromissado em ‘fazer história’! Seja lembrado por alguém que faz a diferença.

*Luiz Fernando Rodrigues é jovem aprendiz da SetaDigital, companhia de Tecnologia da Informação especializada no setor calçadista.

Comentários
-- Jornal Nação --