Home Mundo CRISTÃOS ESPANHÓIS REJEITAM NUDEZ COMO FORMA DE ‘ARTE’

CRISTÃOS ESPANHÓIS REJEITAM NUDEZ COMO FORMA DE ‘ARTE’
0

CRISTÃOS ESPANHÓIS REJEITAM NUDEZ COMO FORMA DE ‘ARTE’

0

Ainda que no Brasil tenha se tornado rotina ‘artistas’ usarem nudez e artigos sagrados para expressar sua ‘arte’, cristãos de outros países também são afrontados por esse tipo de conduta e reajem com protestos e ações de interrupção.

Na Espanha, uma peça da exposição “A guarda da Cubata” que foi exibida no Palácio do Bispo do artista Dionisio González (Gijón, 1965), que retratava uma caixa de luz com fotografias de três nus femininos em um tanque de água foi considerada ofensiva aos visitantes e desrespeitosa com o local de exibição.

O diretor do Departamento da Diocese de Málaga, Miguel Angel Gamero, explicou que o Palácio Episcopal “não é o lugar certo” para mostrar estas peças. Aparentemente, um dos pontos do acordo assinado entre a Cidade de Málaga e a Diocese, inclui, corretamente, a capacidade de veto sobre os conteúdos expostos nas salas.

Reação imediata
Horas depois de sua inauguração, o Bispado de Málaga tornou pública sua decisão e seus motivos em uma declaração que ficou satisfeita por não ter retirado nenhuma obra de arte em quatro anos de vida, mas que nãopoderia consentir com uma obra que expusesse de forma desproporcional e insana a nudez.

Respeito mútuo
O Bispado concorda em respeitar a liberdade de expressão, desde que respeite a Igreja Católica. “ArsMálaga é um espaço de arte e cultura que promove a disseminação de qualquer gênero sem se aprofundar em possíveis conflitos com qualquer denominação religiosa. Em qualquer caso, ele sempre trabalhou com o maior respeito a qualquer tipo de crença ou opinião, já que ele entende a arte como um gênero livre, mas respeitoso para todos “.

Os curadores da exposição itinerante Juan Ramón Rodríguez-Mateo e Iván de la Torre que já expuseram em outras diversas cidades espanholas disseram que sua obrigação é “fazer perguntas em vez de oferecer respostas, valorizar o trabalho e fazer a própria questão pública”. Sua pretensão é confrontar o espectador consigo mesmo da realidade da arte e da escultura.

OPINIÃO
A responsabilidade e indispensabilidade dos cristãos no mundo está confirmada também pelo caso que ocorreu na Espanha. Em diversas cidades o quadro que traz apenas e unicamente mulheres em completo nu, sem nenhum contexto só foram barradas pelo posicionamento cristão do Bispado.
A diferença entre uma sociedade livre e pervertida está nos conceitos morais dos cidadãos que prezam pelos valores e defendem  a família!!!

Comentários