Home Família CONTROLE SEUS SENTIMENTOS

CONTROLE SEUS SENTIMENTOS
0

CONTROLE SEUS SENTIMENTOS

0

As emoções podem, por vezes iniciar-se muito rapidamente, de fato com tanta rapidez que não tomamos consciência que a nossa mente e corpo desencadearam uma emoção num determinado momento particular. Essa velocidade pode salvar as nossas vidas numa situação de emergência, mas também pode nos arruinar quando perdemos o controle. Nós não temos muito controle sobre as respostas emocionais que temos em determinadas situações de vida, mas é possível, embora não seja fácil, fazer algumas mudanças no que provoca os nossos sentimentos e como nos comportamos quando estamos emocionalmente alterados.
Com alguma frequência todos somos invadidos por pensamentos negativos em nossa mente. Este aglomerado de pensamentos podem se tornar muito poderosos à medida que vão se repetindo na nossa mente. O problema é que quanto mais focamos nesses pensamentos, mais poderosos eles se tornam. Desta forma, torna-se muito difícil parar este ciclo infindável de pensamentos prejudiciais. No entanto, com persistência e dedicação é possível ganhar controle sobre os pensamentos.

Faça uma decisão consciente para escolher os seus pensamentos
O problema é que por vezes nos familiarizamos com determinadas ideias e problemas, e subconscientemente retiramos alguma forma de prazer ou eliminamos a ansiedade abordando esses mesmos problemas ou pensamentos. Se, apenas de forma subconsciente continuar a evitar esses pensamentos, nunca iremos nos livrar deles. Assim sendo, o primeiro passo é decidir conscientemente, que não será um problema quando esse pensamento aparecer na sua mente. Tome consciência do impacto negativo desse pensamento incomodativo e depreciativo, e em seguida, de forma intencional, produza outro mais adequado. Concentre-se nesse pensamento que escolheu e decida focar a sua atenção. Adicione uma consequência positiva relativamente ao possível sucesso desse pensamento e repita esse processo tantas vezes forem necessárias, até que o pensamento indesejado e/ou disfuncional seja eliminado.

Foque no pensamento como se ele estivesse fora de si
Lembre-se; você não é esse pensamento. Tenha consciência que seus pensamentos estão separados de você. Quando um pensamento aparece em sua mente, tente senti-lo como algo que venha do exterior. Esta é uma forma poderosa para reduzir o impacto deles na sua mente. Assim que percebe que os pensamentos, não são a realidade, e que são separados de si mesmo, torna-se possível, escolher em que se quer focar.

Quem é que ouve os pensamentos?
Quando um pensamento surgir, pergunte a si próprio: quem é que está pensando isto? Parece uma pergunta sem lógica, mas na verdade tem uma importância extrema, permitindo perceber que existe um “eu” que pode decidir aceitar ou rejeitar o pensamento. Ao acionar esta questão você irá ser capaz de inibir os pensamentos indesejados e/ou negativos assim que eles se manifestarem. Você não é de forma alguma uma vítima dos seus próprios pensamentos, é você quem rejeita ou dá vida a eles.

Perceba os pensamentos assim que eles apareçam
Não temos necessariamente que estar vigilantes para todos os pensamentos que nos surgem na mente. Mas, assim que estamos cientes de um pensamento negativo prestes a surgir, temos rapidamente de não lhe dar atenção ou ficar a ruminar nele. Quanto mais seguirmos o pensamento, mais dificuldade teremos de dissipá-lo.

Concentre-se em outra coisa qualquer
Se tomar consciência que a sua mente está para ser invadida por um conjunto de pensamentos que começam a tomar controle total sobre a sua vontade e ações, uma das soluções de rápida inoculação dos mesmos, é pensar em outra coisa qualquer (normalmente algo que gosta e que o coloque num estado de relaxamento). Não foque neles, faça algo que evite a ruminação sobre esses pensamentos incômodos e disfuncionais.

Comentários