Home Política COM ESTADO EM CRISE, ALERJ DESPERDIÇA EM REFORMA DE NOVA SEDE

COM ESTADO EM CRISE, ALERJ DESPERDIÇA EM REFORMA DE NOVA SEDE
0

COM ESTADO EM CRISE, ALERJ DESPERDIÇA EM REFORMA DE NOVA SEDE

0

A crise só existe quando se trata de fazer pagamentos para servidores do Estado. Enquanto os policiais ainda esperam que seja quitado o 13º salário de 2016, a Universidade do Estado do Rio (UERJ) está fechada por tempo indeterminado por falta de recursos, e os hospitais não possuem sequer os insumos básicos, a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) já gastou R$25 milhões na reforma do Edifício Lucio Costa, onde será sua nova sede.
O custo da obra é estimado em R$152 milhões, valor que quitaria três meses de salários dos funcionários da UERJ. E o desperdício não para por aí, o Palácio Tiradentes, prédio que abrigou a Câmara dos Deputados até a mudança da capital para Brasília, também está em reforma para se tornar um centro cultural. Essa obra custará mais
de R$19,4 milhões.

Decisão antiga
Após a reforma da zona portuária, Eduardo Paes decidiu gastar dinheiro com a nova sede da Alerj, pois achava que o prédio era feio e não combinaria com a paisagem.
O gasto inicial previsto era de R$139,5 milhões, sendo reajustado até chegar ao valor final de R$152 milhões.

Posição
A Assembleia informou que as obras são custeadas com recursos do Fundo Especial Legislativo, e que está com as contas em ordem. Além de afirmar que “também tem feito sua parte para ajudar a grave crise que atinge o Rio”.

Comentários