Home Política CHEGA DE CUMPRIR PRISÃO EM MANSÃO: MPF INSISTE EM RETORNO DE TEMER, MOREIRA E CORONEL LIMA PARA PRISÃO

CHEGA DE CUMPRIR PRISÃO EM MANSÃO: MPF INSISTE EM RETORNO DE TEMER, MOREIRA E CORONEL LIMA PARA PRISÃO
0

CHEGA DE CUMPRIR PRISÃO EM MANSÃO: MPF INSISTE EM RETORNO DE TEMER, MOREIRA E CORONEL LIMA PARA PRISÃO

0

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) manifestações (memoriais) onde se opõe aos habeas corpus de alvos da Operação Descontaminação que serão julgados nesta quarta-feira. A 1ª Turma do TRF-2 julgará pedidos de soltura do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro de Minas e Energia Moreira Franco, do operador João Baptista Lima Filho (coronel reformado da PM-SP) e de outros cinco presos em março e soltos pelo desembargador federal relator dos HCs. O MPF tinha recorrido contra a decisão, que será examinada pelos três desembargadores da 1ª Turma.

Nos memoriais, o MPF na 2ª Região (RJ/ES) reforçou a necessidade da prisão preventiva para evitar o risco da reiteração de crimes – eles respondem por corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa – e para garantir a ordem pública e a regular instrução penal. Para o Núcleo Criminal de Combate à Corrupção (NCCC), ficaram demonstradas manobras para ocultar e destruir provas da materialidade dos crimes.
“É gravíssimo ter sido revelada uma espécie de contrainteligência responsável pela destruição de provas e rastros, além do monitoramento dos policiais responsáveis pela investigação”, ressaltaram os procuradores regionais Mônica de Ré, Neide Cardoso de Oliveira, Rogério Nascimento e Silvana Batini. “Em situações desse tipo, a liberação do acusado traz potencial risco de inviabilizar certas linhas investigatórias, a partir do momento em que lhe permite alertar seus pares e com eles criar estratégias para dificultar as apurações em curso. Devido à complexidade e tamanho, a investigação certamente ainda não chegou ao seu fim.”

Chega de corruptos que saquearam a nação paguem por seus crimes dentro de suas luxuosas mansões – muitas conquistadas pelo dinheiro que roubaram do povo – com todo o conforto que não lhe sé devido.
Seguindo o exemplo, que este pedido atinja a esfera estadual e leve de volta para trás das grades Jorge Picciani, a corja que foi presa na mesma operação e seus fiéis lacaios

Comentários
-- Jornal Nação --