Home Mundo Cerimônia emocionante em Medellín

Cerimônia emocionante em Medellín
0

Cerimônia emocionante em Medellín

0

O estádio do Atlético Nacional, Atanasio Girardot foi tomado por colombianos, nesta quarta-feira, para “alentar”, torcer e homenagear a Chapecoense. A homeangem tem início previsto para as 21h45min (18h45min, em Medellín), mas às 21h o público já tinha lotado quase todas as dependências, gritando “ole, ole, ole, ole, Chape! Chape”.

A população foi convidada a comparecer vestida de branco, levando flores para prestar um tributo às vítimas do voo LMI-2933. Na queda do avião da Lamia, morreram 71 pessoas, entre jogadores da Chapecoense, dirigentes, jornalistas e tripulação.

 O evento no Atanasio Girardot deverá durar uma hora. Ao longo da homenagem, todas as vítimas da tragédia serão lembradas. No mesmo momento, a Arena Condá também fará sua homenagem em Chapecó.

No campo, coroas de flores entraram, a banda marcial tocou os hinos nacionais e a marcha fúnebre, com respeito completo do público. Muito antes, às 16h45min na Colômbia (19h45min de Brasília) foram abertos os portões do estádio Atanásio Girardot para o público. Neste momento, a multidão de crianças, jovens, famílias e torcedores que começaram a entrar e visualizaram faixas com os dizeres: “Nasce uma nova família, Atlético + Chapecoense”.

Todos de branco, muitos com velas, outros com flores, muitos com camisas alusivas à Chapecoense. Nos dizeres: “Vieram por um sonho, voltaram como lendas”. A emoção, presente em todos. A reportagem do DC falou com Nicole Mariana, 15 anos, que carregava rosas vermelhas:

— Sinto um vazio, algo que nunca pensei ver no nosso estádio de alegria — disse, antes de começar a chorar.

Comentários
-- Jornal Nação --