Home Nação CAIXA PRETA DO BNDES LULA/DILMA REVELA JATINHOS PARA MILIONÁRIOS COMO DÓRIA, HUCK E MUITOS OUTROS

CAIXA PRETA DO BNDES LULA/DILMA REVELA JATINHOS PARA MILIONÁRIOS COMO DÓRIA, HUCK E MUITOS OUTROS
0

CAIXA PRETA DO BNDES LULA/DILMA REVELA JATINHOS PARA MILIONÁRIOS COMO DÓRIA, HUCK E MUITOS OUTROS

0

Lista do BNDES explica agora muito do #EleNão contra o único presidente capaz de devolver a dignidade do brasileiro através da limpeza dos Poderes

A justificativa é sempre a mesma. Foi legal, dentro da lei!
Quando a transação é para benefício próprio, basta apenas estar na lei.
Mas quando é para criticar, a moralidade serve de munição.
Vamos aos fatos.
Nas mãos do governo esquerdista o BNDES serviu durante décadas para enriquecer e facilitar a aquisição de bens para multimilionários brasileiros.
Enquanto as empresas – que empregam e são responsáveis pela movimentação econômica do país – fechavam as portas por conta de falta de recursos e apoio governamental, empresários e artistas acumulavam patrimônio às custas do dinheiro público.

A tão temida abertura da ‘caixa-preta’ do BNDES está prestes a vir à tona. O que os corruptos mais temiam começa a ganhar forma e provas que os incriminam. Muitos aspirantes a políticos verão suas pretensões irem por água abaixo após o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Gustavo Montezano, revelar que empresários utilizaram financiamentos do banco para adquirir cerca de 130 jatinhos. De acordo com Montezano, os empréstimos foram concedidos aos interessados, especialmente, no período entre 2009 e 2013 na subvenção adotada por Lula e Dilma em plena crise econômica do país.

“O caso dos jatinhos é, mais uma vez, a política (de incentivo) dos campeões nacionais ou dos amigos do rei. Você pega dinheiro do trabalhador e, travestindo de uma política econômica, dá dinheiro a juro quase zero a quem já é milionário. Para financiar jatinhos… Para empresários brasileiros… Você tem uma crise econômica, o Brasil está entrando em colapso, aí você pega o dinheiro do trabalhador brasileiro e você empresta a juro quase zero para uma pessoa milionária, bilionária, comprar jatinhos. (Foram comprados) Cerca de 130 jatinhos — afirmou Montezano, em entrevista ao programa Gaúcha Atualidade, da Rádio Gaúcha, na última sexta-feira (16).

Ao todo, o BNDES emprestou via bancos privados um total superior a R$ 1,9 bilhão para a compra de jatinhos da Embraer. A área técnica do banco calculou em R$ 700 milhões – em valores corrigidos – os subsídios para essas operações.

Entre os proprietários dos dez jatinhos mais caros financiados pelo banco público, estão o governador de São Paulo, João Doria (R$ 44 milhões), e os irmãos Joesley e Wesley Batista, da JBS (R$ 39,8 milhões).

No topo da lista está o empresário Michael Klein (Casas Bahia), que pagou R$ 77,8 milhões por um jato executivo da Embraer – o modelo não é informado. O financiamento foi feito em 2013 por meio do banco ABC para a CB Air (hoje Icon Aviation).

A família Moreira Salles (Itaú-Unibanco) também usufruiu da linha de financiamento do BNDES, pagando apenas 4,5% ao ano de juros sobre empréstimo de R$ 75,5 milhões para adquirir uma aeronave em nome da Brasil Warrant Administradora de Bens.

Os famosos
Na lista de 134 agraciados, há famosos como o apresentador Luciano Huck, a cantora Claudia Leitte e a dupla sertaneja Victor & Leo.
A aquisição de uma aeronave por Huck veio a público no ano passado, quando ele despontava como possível candidato à Presidência.

O jatinho foi comprado em 2013, em nome da empresa Brisair Serviços Técnicos Aeronáuticos pelo valor de R$ 17,7 milhões, via Itaú/Unibanco, com juros a 3% ao ano.

A modalidade de empréstimo do BNDES por meio de bancos privados tem como objetivo reduzir o risco da operação.

O Itaú/Unibanco também foi o agente do empréstimo de R$ 6,1 milhões para o jatinho da cantora baiana. O recurso foi liberado, em 2009, em nome da Bahia Golf Agência de Viagem, registrada em nome do seu pai, Claudio Oliveira Inácio. Juros de 4,5% ao ano.

No caso da dupla sertaneja, o BNDES liberou por meio do Banco do Brasil uma linha de R$ 6,4 milhões para a compra de um jato executivo da Embraer. O dinheiro saiu também em 2009 com a mesma taxa de juros de 4,5%, em nome da empresa Vida Boa Shows e Eventos, de Vitor e Leonardo Chaves.

Huck afirmou estar dentro da lei
Aspirando carreira política, Luciano Huck foi aconselhado por sua equipe a não se manifestar depois que o presidente lançou ao mundo sua aquisição particular com subsídio do contribuinte brasileiro. Em relação a compra de seu jatinho ele afirmou que “A compra e o financiamento da aeronave foi feita por meio de um contrato absolutamente legal, sem vício, vantagem ou privilégio.”

Mais um capítulo do legal, mas imoral.

Político não é Luciano Huck?? Ah! Tá!

Comentários
-- Jornal Nação --