Home Mundo Caixa de papelão garante vida de bebês

Caixa de papelão garante vida de bebês
0

Caixa de papelão garante vida de bebês

0

Segundo estudos que relacionam a chamada Síndrome da Morte Súbita Infantil, que ocorre quando um bebê aparentemente saudável morre sem explicação, normalmente durante o sono, à forma com que o bebê dorme, hospitais de Nova Jersey decidiram seguir o exemplo da Finlândia que, na década de 30, adotou caixas de papelão para serem usados como berços a famílias de recém-nascidos para reduzir a mortalidade no primeiro ano de vida dos bebês.

A indicação clara é de que o bebê deva ser posto para dormir de barriga para cima, em um colchão relativamente firme e sem a presença de itens como bichos de pelúcia. A caixa de papelão pode ser também útil para se ter o bebê próximo, sem a necessidade de que seja posto para dormir na cama com os pais, outro fator de risco. Além do cuidado com o sono, o projeto tem como objetivo estreitar a ligação entre pais
e o sistema de saúde.

O sistema de proteção aos bebês começou a se espalhar pelo mundo e países como Austrália, Canadá, Àfrica do Sul, México que adotaram a medida
com sua adaptações.
Alguns incluíram à entrega da caixa roupas e objetos de primeira necessidade para ajudar famílais mais pobres, mas assim como acontece na Finlândia,quase que
a totalidade das mães aceita o kit.

Somos todos iguais
O governo finlândes conseguiu transformar um projeto para salvar vidas de bebês em um símbolo de igualdade a todos os homens da terra; pelo menos nos primeiros meses de vida.
Independente da classe social, 95% das mães adotam a simples caixa de papelão – mesmo as de altas condições financeiras – como medida de proteção para seus filhos, ainda que morem em palácios ou casebres.
Pena é, que depois de sair da caixa, muitos seres humanos sentem-se superiores aos outros e seguem suas vidas em uma fantasia
altivista…

Para ensinar um pouco mais sobre igualdade, o mundo precisa de caixas de papelão em tamanho adulto!

Comentários