Home Economia BENEFICIÁRIOS DE AUXÍLIO-DOENÇA OU POR INVALIDEZ VÃO TER DE PROVAR QUE NÃO PODEM TRABALHAR

BENEFICIÁRIOS DE AUXÍLIO-DOENÇA OU POR INVALIDEZ VÃO TER DE PROVAR QUE NÃO PODEM TRABALHAR
0

BENEFICIÁRIOS DE AUXÍLIO-DOENÇA OU POR INVALIDEZ VÃO TER DE PROVAR QUE NÃO PODEM TRABALHAR

0

Pente-fino do INSS vai tentar descobrir fraudes nos beneficiários com menos de 60 anos

Assim que a Comissão Mista de Orçamento da Câmara autorize o crédito suplementar de R$ 248,9 bilhões, o governo iniciará a operação pente-fino em três milhões de benefícios concedidos pelo INSS.
Pelo o que parece, este benefício estar para ser liberado a qualquer momento, por isso é importante que os beneficiários fiquem atentos para não perder o pagamento, caso estejam regular e dentro das especificações da entidade.
Mas quem está na mira do pente-fino do INSS?
Todas as pessoas que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez e que tenham menos de 60 anos. Segurados que passarem de 60 anos não podem mais perder o benefício. A MP do pente-fino não mexeu nesse direito.

Incapacidade
Os benefícios por incapacidade que não fazem revisão há pelo menso seis meses serão os primeiros do programa. De acordo com o governo, a intenção é combater fraudes do sistema e economizar R$ 9,8 bilhões. Segundo o texto, todas as pessoas que recebem algum dos benefícios por incapacidade (doença ou invalidez), podem ser convocadas pelo pente-fino e podem perder o benefício.

Documentação em dia
A indicação é deixar a documentação e laudos médicos em dia, ter dados como endereço atualizados no INSS e ficar atento aos principais canais de contato para não perder uma eventual convocação. Ao contrário do programa anterior, que se limitou a benefícios por incapacidade, aposentados em geral e pessoas que recebem outros pagamentos como pensão por morte ou o Benefício de Prestação Continuada (BPC) também poderão ser convocadas.

Comentários
-- Jornal Nação --