Home Esporte A dor amenizada pela compaixão

A dor amenizada pela compaixão
0

A dor amenizada pela compaixão

0

A tragédia com o avião que transportava a delegação da Chapecoense, jornalistas e equipe de bordo, para o primeiro jogo da final do Campeonato Sul-americano deixou 71 mortos, 6 feridos e o exemplo de compaixão, empatia, piedade e amor ao próximo. O mundo inteiro se mobilizou com o desastre e mensagens de apoio foram enviadas às famílias das vítimas.

Time rival
Atlético Nacional, adversário da Chapecoense na final da Copa Sul-Americana, divulgou uma nota na tarde de terça-feira na qual solicitou que a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) entregue o título e a premiação da competição ao time de Chapecó. O clube colombiano prestou solidariedade aos parentes, amigos e torcedores das vítimas do voo.

Clubes brasileiros
Todos os clubes brasileiros esqueceram a rivalidade e se uniram para prestar condolências a equipe Catarinense. Dirigentes de grandes clubes do país estudam a possibilidade de ceder jogadores de bom nível para restaurar a equipe e sugerem ‘imunidade’ para que não seja rebaixado pelas próximas três temporadas. Essas atitudes permitem que haja esperança para dar continuidade ao trabalho e o clube possa disputar as competições de 2017. A Conmebol planeja incluir
o clube na Libertadores e na Recopa de 2017.

Torcida
Torcedores e familiares foram chegando na Arena Condá, sede do clube, assim que receberam a notícia divulgada pela impressa. Os grupos realizavam orações e esperavam por informações mais aprofundadas. Na internet houve uma mobilização de torcedores de diversos clubes brasileiros incentivando a compra de camisas e a assinatura do programa sócio torcedor do clube para ajudar na recuperação financeira.

Cidade
A prefeitura de Chapecó, cidade de Santa Catarina, decretou luto de 30 dias e suspendeu todas as festividades relacionadas ao Natal e Ano Novo da cidade. As aulas da rede municipal foram suspensas por dois dias,
e também ficou facultativo o dia de trabalho em repartições públicas.

Torneios adiados
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) adiou os jogos da última rodada do campeonato brasileiro e a final da Copa do Brasil que seriam disputadas na mesma semana. Dirigentes, técnicos e jogadores
apoiaram a decisão e afirmaram “não ter clima” para a disputa.

Presidência
Em nota, o presidente Michel Temer lamentou o acidente aéreo e ofereceu assistência do governo federal aos familiares. Ele também determinou que a Aeronáutica disponibilizasse aeronaves para auxiliar
o transporte da família e corpo das vítimas.

Comentários
-- Jornal Nação --