Home Política 24/01 DATA REVELA COMO SERÁ AS ELEIÇÕES PRESIDENCIÁVEIS DO ANO QUE VEM

24/01 DATA REVELA COMO SERÁ AS ELEIÇÕES PRESIDENCIÁVEIS DO ANO QUE VEM
0

24/01 DATA REVELA COMO SERÁ AS ELEIÇÕES PRESIDENCIÁVEIS DO ANO QUE VEM

0

Nem Marina Silva (Rede), Geraldo Alckimin (PSDB), nem Fernando Haddad (PT), Ciro Gomes (PDT), ou mesmo Jair Bolsonaro (PSC). Todas as atenções da prévia pela disputa eleitoral ao cargo de presidente do Brasil começa a se desenhar no dia 24 de janeiro quando será julgado o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no processo do triplex em Guarujá.

1ªinstância + Moro = condenado
Em julho, Lula foi condenado pelo juiz Sergio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância, a 9 anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo envolvendo o triplex. A acusação foi de ocultação da propriedade do imóvel, recebido como propina da empreiteira OAS em troca de favores na Petrobras.

2ª instância + ficha suja = recursos
A tendência é que o tribunal reforce a decisão de Moro e determine a prisão de Lula. Com base na lei eleitoral, portanto, a condenação pode impedir que ele seja eleito a mais um mandato na Presidência da República. E se Se a condenação for confirmada, a situação de Lula se encaixa dentro da Lei. No entanto, caberá ao TSE bater o martelo para reconhecer se ele estará inelegível ou não”, diz. Ou seja, mesmo que a decisão de Moro seja mantida em segunda instância, Lula pode solicitar registro de candidatura. Caberá ao TSE autorizar ou não.
Os múltiplos cenários depois de uma provável condenação prometem manter em suspenso por meses a legalidade da candidatura Lula. Ma como estamos falando de Brasil… mesmo com o veto previsto na Lei da Ficha Limpa a condenados em segunda instância, ele tem à disposição um sem-número de recursos e manobras jurídicas.

Comentários