Home Economia 10 MILHÕES PAGAM IR POR DEFASAGEM EM TABELA

10 MILHÕES PAGAM IR POR DEFASAGEM EM TABELA
0

10 MILHÕES PAGAM IR POR DEFASAGEM EM TABELA

0

Entra ano e sai ano além das contas dos primeiros meses, o Imposto de Renda anuncia a mordida doída e injusta do leão. Por conta da defasagem da tabela de correção do imposto, cerca de 10 milhões de trabalhadores brasileiros com renda até R$ 3,5 mil são penalizados.
No total, quase 16 milhões de empregados com carteira assinada estão sendo retidos na fonte quando na verdade deveriam estar isentos do importo.

Com isso, o governo engorda seus cofre com a cifra de R$41 bilhões a mais e isso ocorre porque os salários são reajustados pela inflação e a tabela do IR não é reajustada desde 1996.

Sem a atualização, trabalhadores que recebem até R$3.556,56 de salário e pagam R$ 178,68 de imposto na fonte, deveriam ser isentos, ou seja, não pagar nada ao Fisco.

Com a elevação dos salários e valores dos serviços, os contribuintes passam a pagar mais IR, em percentuais de aumento superior à inflação, sem que o governo precise tomar nenhuma medida ostensiva de mudança nos impostos.
Disparidade
Para se ter uma ideia da disparidade das cobranças do IR, quem ganha R$ 4 mil de salário, paga R$ 263,87 de imposto, quando na realidade deveria recolher apenas R$ 33,26, ou seja, desembolsa R$ 230,61 a mais do que deveria, o que dá um aumento de 693,4%, de acordo com o estudo.

Já quem recebe R$ 10 mil paga R$ 1.880,64 ao Leão. Mas, se a tabela fosse corrigida, pagaria R$ 1.114,86, o que dá R$765,78 a mais, diferença de 68,69%. Esses números mostram que, segundo o estudo do Dieese e da Anfip, quem recebe salário menor acaba, proporcionalmente, pagando mais de Imposto de Renda que os melhores remunerados.

Comentários